Nada ‘lost in translation’!

Se não fosse pela minha experiência toda no Brasil – ou o Brasil que passou na minha vida – eu jamais teria achado tanta graça no comentário do meu irmãozinho indiano, depois daquela pausa para relaxar:  “This is India: we have to make adjustments; we have to find the WAYS.”
Eu engasguei e quase cuspi a água que bebia para fora do tuk-tuk.

Read More