Domingando em Oswaldo Cruz | Feira das Yabás

Além de domingar, aproveitei minha visita à folclórica Feira das Yabás em Oswaldo Cruz, zona norte do Rio de Janeiro, para conhecer os outros Rios e meditar um pouco naquilo ao redor. Reclamamos tanto desta cidade sem conhecê-la. Há muita cultura e história que podem ser aproveitados para reverter a situação na qual do Rio de Janeiro se encontra.

Repito mais uma vez que – para mim – apoiar os eventos culturais e visitar os cantos desconhecidos da cidade não deixa de ser uma forma de protesto diante o círculo vicioso de violência, medo e desprezo amartelando esta cidade. Vi com meus próprios olhos a importância de projetos ambientais e culturais para a comunidade, a cidade. A presença de árvores, idosos, crianças, música e culinária, com tradição, muda todo o sentido da rua, todo do espaço público.

Ter uma opinião sobre o desconhecido é fácil. É andando por aí que se pode fazer o esforço de achar o belo no feio e o feio no belo para opinar.

Sobre o Central do Brasil:

This slideshow requires JavaScript.

20180815_054526.jpg
Wladimir Alberto Martins, gravando.

Sobre Oswaldo Cruz, a Feira das Yabás e Parque Madureira:

This slideshow requires JavaScript.

20180812_220154.jpg

20180812_220620.jpg
Giló frito: O vegetariano aqui não precisava de mais nada!
20180812_220450.jpg
Monarco… Sem mais!

Posted by

A native of Chicago, Ricky Toledano has lived in Rio de Janeiro, Brazil for over twenty years as a writer, translator and teacher. [a]multipicity is multi-lingual collection of reflections through the humanities.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s